Planta do imóvel: o que é e qual sua importância?

A planta de um imóvel é fundamental para quem pretende comprar ou alugar um imóvel junto à imobiliária. Em um primeiro momento, ela pode parecer apenas um desenho, mas na verdade, é ela a responsável por fornecer todas as informações sobre a casa ou apartamento que você pretende morar. Isso é fundamental para entender como os ambientes foram construídos, como funcionam e se interligam, interessando principalmente quem deseja realizar algum tipo de reforma no imóvel. Contudo, nem todo mundo entende o que de fato ela é e justamente por isso, preparamos o post de hoje para explicar o que é a planta de um imóvel e qual a sua importância.

O que é a planta de imóvel?

Também conhecida como planta baixa, ela nada mais é do que o desenho de uma casa ou apartamento visto de cima, em escala reduzida e proporcional. Ela serve para planejar o funcionamento da residência, assim como a quantidade, disposição e tamanho dos cômodos. Além disso, nela também constam detalhes importantes, como medidas das paredes, portas e janelas. Depois de aprovada pelo proprietário, ela é apresentada para a prefeitura municipal para obter o alvará para sua construção. Vale lembrar que sem ela, é impossível realizar uma obra na propriedade, pois por meio dela que os responsáveis pela construção poderão se guiar. 

Tipos de planta de imóvel

Existem quatro tipos principais de planta de imóvel e a utilização de cada um irá depender do projeto. Entenda melhor abaixo: 

Planta baixa

Representação do espaço em projeção horizontal, mostrando os cômodos de cima e sem o teto. É possível verificar a localização de portas e janelas, formatos dos cômodos, disposição, comprimento e largura dos ambientes. 

Planta humanizada

Responsável por facilitar a leitura do desenho, possuindo todas as informações da planta baixa, mas também com a distribuição dos móveis e pisos em diferentes cores. Permite maior visualização e entendimento do projeto. 

Planta hidráulica

Mostra onde está localizado todo o encanamento e tubulações de água que passam no interior do imóvel. 

Planta elétrica

Informa onde estão as tomadas, voltagens existentes e pontos de energia do imóvel. 

Importância da planta do imóvel para compra e venda

Como falamos, é na planta que estão todas as informações sobre a construção, permitindo que o comprador observe se ela atende suas necessidades e expectativas. Por meio dela, é mais fácil planejar os cômodos, móveis e decoração, pois as dimensões de cada área estão claras. Para o vendedor, a planta é uma forma de conseguir vender o imóvel mesmo que ele ainda não esteja finalizado, pois assim os compradores conseguem visualizar o imóvel e compreender se realmente é aquilo que desejam para o novo lar.  

Importância da planta do imóvel para locação

Quando falamos em locação, a planta também é importante. Caso queira fazer uma pequena reforma, é a planta que servirá de guia para informar sobre paredes de sustentação, se existem canos no local que pretende perfurar, etc. Isso facilita significativamente a vida dos novos moradores, além de poder te salvar em algum tipo de emergência. 

Como adquirir a planta de um imóvel?

É raro termos acesso à planta de um imóvel usado depois da compra. Em certos casos, ela fica sob posse do condomínio, mas se não for esse o caso, saiba que encontrar a planta da casa ou apartamento não é difícil. Isso porque, toda construção precisa do alvará da prefeitura para ser iniciada e para isso, é necessário realizar o cadastro da planta. Sendo assim, se precisar dela para reformar ou somente para guardar consigo, basta entrar em contato com a prefeitura da cidade em que o imóvel está localizado. Em alguns casos, ela pode exigir o número de inscrição do IPTU, assim como outros documentos. Por isso, o ideal é procurar essas informações diretamente com a administração do município. 

O que avaliar na planta imobiliária?

Em resumo, os principais elementos para observar na planta de um imóvel são:

  • Ambientes: Verifique a estrutura, tamanho e disposição de cada cômodo, a fim de entender se atendem suas necessidades, para pensar no layout e se os móveis caberão no espaço.
  • Paredes, portas e janelas: São responsáveis por sustentar e deliminar os ambientes, assim como promover a devida ventilação e iluminação. 
  • Pavimentos ou pisos: Os materiais que compõem o chão do imóvel influenciam no peso tolerado e forma de limpeza, garantindo a preservação e durabilidade. 
  • Projeto hidráulico e elétrico: Aqui, você irá conhecer todos os detalhes, como fiação elétrica, tomadas, encanamentos e tubulações. 

Então, agora que você entendeu o que é a planta de imóvel e qual a sua importância para contratos de compra e venda ou locação, já sabe que ela é um item primordial. Sendo assim, lembre-se de avaliar cuidadosamente e, e preciso, contar com a ajuda de profissionais especializados, a fim de garantir a melhor escolha de seu novo lar, seja uma casa ou apartamento na planta.

Comentários estão fechados.