Causar uma boa impressão e entender sobre os fatores que valorizam o seu imóvel, são pontos importantes na hora de vender

    Manutenções e reformas no imóvel

    Em alguns casos, é possível que o comprador tenha a oportunidade de visitar o seu imóvel, e quando isso ocorrer, é importante que o proprietário impressione ao apresentar o seu bem. É compreensível que o seu imóvel seja essencial para você, mas ao colocar uma casa para vender, você tem de deixar a agrado da pessoa que irá adquiri-lo, certo? De modo geral, a maioria dos imóveis conseguem agradar a diferentes perfis de compradores. E se for necessário, invista em uma reforma. Uma pintura recente e manutenções podem valorizá-lo mais ainda. Lembre-se que você não precisa decorar a casa, somente fazer com que o imóvel fique atrativo para que o comprador feche negócio logo após visitar o local.

    Determine um valor para o seu imóvel

    Estar à frente dos concorrentes é sempre um grande desafio, porém, conquista as melhores posições aqueles proprietários e imobiliárias que enxergam o valor do imóvel como um fator de valorização. Uma avaliação feita da forma incorreta ou até mesmo um preço excesso no mercado podem favorecer a venda de outros imóveis que possuem as mesmas características que o seu, mas que estão dentro do valor estabelecido. Por exemplo, no momento em que o cliente comparar, dependendo da variação no valor, o seu imóvel pode “auxiliar” a vender o do seu concorrente, caso este esteja com o preço muito acima da média do mercado. Se você não acompanha as características de venda do mercado e os investimentos da sua região, provavelmente será um grande risco vender um imóvel no valor que pretende. De modo geral, as imobiliárias são fatores especializados, que define o valor através de vários critérios como: a procura, a localização, o valor de venda ou locação, são fatores abordados por vários profissionais da área.

    Agende visitas ao imóvel

    Valorizar o seu imóvel também ajuda na hora de vendê-lo. Normalmente, compradores se interessam por imóveis localizados na região onde vivem ou perto do trabalho, por isso, imobiliária ou corretor que conheça a região, terá maiores chances de apresentar o imóvel a um possível comprador. Além disso, deixar o seu imóvel nas mãos de uma empresa especializada no setor, é algo que atrai mais confiança daqueles que pretende comprar. Seja você ou um profissional fazendo todo o processo de venda, é importante que reservem um horário para receber os possíveis compradores. Lembrando que, ao disponibilizar essa visita ao cliente é possível que o interesse dele aumente, fazendo com que ele feche negócio após a vistoria e avaliação das condições do imóvel.

    Divulgue seu imóvel

    A divulgação por meio de imobiliárias muitas vezes faz com que a venda seja feita mais rápida. Porém, saiba que se o proprietário optar por fazer uma divulgação por conta própria e exagerar nos anúncios durante o processo pode passar ao interessado a sensação de desespero para vender o imóvel. Assim, os interessados acabam sugerindo uma oferta menor que o valor que este imóvel está no mercado. Ou seja, acaba desvalorizando o bem. E o motivo é lógico, pois uma divulgação feita sem conhecimento do mercado acaba atraindo um número considerável de interessados, o que é compreensível. Porém, o risco é menor  quando se divulga um imóvel por meio de imobiliárias especializadas. Optando por uma imobiliária de confiança, o seu imóvel se valoriza. Algumas imobiliárias possuem contato com portais imobiliários, tendo como objetivo de aumentar o alcance das divulgações e aumentar as possibilidades de venda, sem custo algum ao proprietário. Atualmente, os portais imobiliários aumentaram cerca de 15% cerca de 5 milhões de visitantes por mês.

    Melhorias no seu imóvel

    É claro que, apartamentos  e casas à venda possuem suas particularidades, como: área de lazer, iluminação, revestimentos e decoração que fazem total diferença e valorizar o seu imóvel. Porém, existem inúmeros compradores, para cada imóvel e, claro, diferenças referentes ao poder de compra. Por isso, faça seu imóvel ser um atrativo para o seu público fazendo melhorias que não comprometam ao negociar e, principalmente, saiba usar seus concorrentes a seu favor. O mercado imobiliário vem crescendo de forma rápida e o comprador do seu imóvel é essencial para alcançar o objetivo da venda.

    Documentação em dia

    Um dos fatores mais importantes na venda de um imóvel é sua documentação do mesmo. É necessário que o proprietário possua a escritura do bem em seu nome. Esses documentos são importantes, pois se este estiver irregular acaba dificultando  a venda do imóvel, e ainda faz com que ele desvalorize. Caso o proprietário seja casado ou possua relação estável comprovada no cartório, o cônjuge deve apresentar os mesmos documentos no momento em que o imóvel for comprado pelo interessado. São eles:

    Cópias do RG e do CPF;

    Cópia da certidão de casamento;

    Certidões negativas servem como comprovantes de ação civil, criminal ou federal em relação a um indivíduo.

    E caso o comprador seja casado ou possua relação estável comprovada, o cônjuge do mesmo deve apresentar os seguintes documentos no momento da compra. São eles:

    Cópias do RG e do CPF;

    Cópia da certidão de casamento;

    Certidões negativas servem como comprovantes de ação civil, criminal ou federal em relação a um indivíduo;

    Cópia dos comprovantes de renda atualizados.

    Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como valorizar seu imóvel antes de colocar à venda.

    Saiba também: Portais Automotivos Auxiliam na Venda de Carros Usados

    Avatar de Cristina Leroy Silva

    Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados.