Fiscalização de Obras: qual a importância

A fiscalização de obras acaba se tornando um trabalho de extrema importância para garantir não apenas a segurança, mas também um bom andamento de um projeto relacionado à construção civil. 

Dessa maneira, construções e reformas de grande porte precisam envolver um maior cuidado e dedicação.

Levando em consideração a necessidade, sendo ela cada vez maior por causa de um grande número de pessoas envolvidas na construção, é importante se aprofundar nesse trabalho de fiscalização. 

Assim, torna-se possível manter o projeto seguro, bem construído e afastado de qualquer risco.

Afinal, o que é fiscalização de obras?

A fiscalização de obras nada mais é do que um trabalho altamente conhecido e respeitado, realizado por engenheiros e arquitetos, levando em consideração as estruturas da construção civil de uma maneira geral. 

Compreender do que se trata esse tipo de tarefa é necessário para evitar possíveis acidentes ou a reprovação de um projeto.

Levando em consideração os dizeres do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, a fiscalização está diretamente relacionada com a inspeção, bem como com o controle de uma obra, fazendo com que a reforma seja valorizada e impeça o surgimento de imprevistos.

A fiscalização de obras pode ser realizada em diversas áreas, como o projeto de instalações elétricas e de qualquer outra etapa que a envolva. Levando em consideração a Lei Federal 8666, essa etapa é um trabalho técnico especializado, o qual precisará ser feito apenas por um profissional autorizado.

A importância de fiscalizar uma obra

O cronograma da obra é um assunto que sempre deve se manter em pauta, levando em consideração que é extremamente importante para evitar qualquer tipo de transtorno que possa vir a surgir durante a execução do projeto. 

Dessa maneira, é necessário que, caso o empreendimento tenha um custo elevado, os prazos para finalização sejam definidos.

Os profissionais que devem ficar responsáveis por esse tipo de projeto, que acaba envolvendo etapas importantes, como o serviço de terraplanagem, precisam de um determinado tempo para que consigam fazer uma boa gestão da obra como um todo. Por isso, é necessário considerar os seguintes fatores:

  • Controle de prazos;
  • Controle de fornecedores;
  • Comunicação com fornecedores;
  • Armazenamento correto dos materiais.

É por causa da fiscalização de obras que a garantia da qualidade profissional dos envolvidos pode ser confirmada. Além disso, outros benefícios como aumento do rendimento da obra, redução de custos e controle de prazo sob medida podem ser observados.

A função do fiscal de obras

Depois de entender um pouco mais sobre o que, de fato, é a fiscalização de obras, chegou a hora de compreender qual o papel do fiscal de obras nesse cenário. 

Ele é o responsável por analisar e corrigir qualquer que seja a falha que possa ameaçar ou prejudicar a finalização de um projeto.

É por isso que o fiscal precisa visitar frequentemente o ambiente, desde o início da construção até o seu final, fazendo com que suas funções sejam devidamente cumpridas. 

Cabe a ele fazer os registros corretos, bem como as medições e garantir que não haja qualquer tipo de atraso no cronograma anteriormente mencionado.

Sendo assim, dentro da fiscalização de obras, o profissional precisa controlar todas as práticas físicas e financeiras, fazendo com que tudo saia conforme o planejado. 

Ele também garante que as exigências presentes em um contrato sejam devidamente cumpridas como, por exemplo, os serviços de avaliação imobiliária.

Você vai gostar também: Como consultar o CRECI de uma imobiliária?

Cabe ao fiscal registrar cada um dos detalhes que estão presentes na construção. Isso precisa ser feito de forma transparente, para compreender o que já foi executado e o que ainda precisa ser colocado em prática.

Como é feita a fiscalização de obras?

De uma maneira bem resumida, a fiscalização de obras deve ser desenvolvida em três etapas: início, desenvolvimento e conclusão do projeto. Em um primeiro momento, o fiscal precisará conferir se os documentos da empresa de construção estão corretos para, então, liberar o início da execução.

É necessário que ele esteja atento aos seguintes pontos:

  • Informações de contrato;
  • Ordem de serviço;
  • Anotação de responsabilidade técnica;
  • Cronograma financeiro e físico.

Ao longo do desenvolvimento da obra, é preciso que o fiscal crie alguns registros levando em consideração todas as fases que foram concluídas. É por meio dessa etapa que ele irá solicitar, ou não, os adiantamentos, assim como analisar os riscos de rescisão de contrato.

Como evitar erros no processo

Uma boa fiscalização de obras está longe de se mostrar uma tarefa simples. Isso acontece porque é necessário estar atento a todas as etapas da construção, garantindo que nenhum processo do empreendimento seja barrado de alguma maneira. 

Por isso, existem algumas dicas que podem evitar erros nesse processo:

Conheça os riscos

Conhecer os riscos é uma etapa essencial para quem trabalha como fiscal de obras. Sendo assim, é preciso que ele estude e conheça bem todos os riscos que poderão impactar, de maneira negativa, o andamento de um determinado projeto. 

Caso esses problemas acabem passando, causarão danos que, em alguns casos, são irreversíveis.

Leia também: Como encontrar membros da família na internet em sites.

Garanta os suprimentos

Uma obra que está parada por ausência de materiais acaba perdendo muito tempo e isso acaba se mostrando um ponto negativo. 

Para que isso seja devidamente evitado e os processos não sofram qualquer tipo de atraso, é necessário se organizar e permitir que a equipe técnica aprove todos os produtos exigidos de maneira rápida e ágil.

Para que esse processo possa ser otimizado, é ideal investir em um bom canal de comunicação entre os responsáveis pelos suprimentos e o empreendimento que precisará deles durante a execução. Assim, a sua obra será finalizada de maneira mais simples e sem prejuízos.

Atualize a equipe acerca dos objetivos

Atualizar a equipe sobre os objetivos do projeto também é uma ótima dica para quem está trabalhando diretamente com a fiscalização da obra. 

Isso porque o bom acompanhamento gera uma equipe mais motivada e sem qualquer tipo de falha de comunicação.

Quando cada um dos profissionais pode compreender, com clareza, qual o seu papel dentro da obra, ficará muito mais simples entender as metas, aumentar o foco e, também, evitar qualquer tipo de falha na execução.

Cuidados com o meio ambiente

Neste ponto da fiscalização de obras é importante tomar todo cuidado necessário para evitar quaisquer tipos de degradação da área de obra, pois ações simples como coleta de resíduos e armazenamento adequado podem lhe poupar uma pequena fortuna.

Quer saber mais sobre como a Eco Máquinas pode ajudar vocês a construir mais barato, com mais qualidade e de quebra ajudar o meio ambiente?
São prensas e máquinas para fazer tijolos para empresas de todos os portes. Visite nosso site: https://www.ecomaquinas.com.br/

Se gostou, compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *