Manipulação de medicamentos: o que é de fato?

Muitas vezes vamos ao médico e ele pede que usemos um determinado medicamento manipulado, ou seja, devemos ir até uma farmácia de manipulação e mandar fazer o remédio de acordo com as orientações que o médico colocou na receita. 

Mas qual a diferença de um remédio manipulado e de um remédio comprado diretamente em uma farmácia normal? São muitas as diferenças entre os medicamentos manipulados e os medicamentos normais, mas as principais se dão pela concentração dos princípios ativos, a quantidade, o excipiente e fórmula farmacêutica que será utilizada.

Em outras palavras, quando o médico receita um medicamento manipulado, quer dizer que o medicamento que você irá tomar possui um ou vários princípios ativos mais concentrados que são adequados apenas às suas necessidades. 

Para entender melhor sobre a manipulação de medicamentos, o Site da Ponto Certo trouxe esse artigo para vocês, explicando melhor do que se trata a manipulação de remédios, quem geralmente precisa tomar e quais os benefícios. 

O que são medicamentos manipulados?

Remédios manipulados são medicamentos feitos em farmácias de manipulação a partir de uma fórmula, dosagem e ingredientes químicos, destinados apenas para algum tratamento específico de um paciente específico. 

Ou seja, cada medicamento manipulado é feito de forma diferente para cada paciente, pois se adequa apenas às necessidades próprias de cada um, isso significa que, o que uma pessoa toma, pode não ser o indicado para outra pessoa. 

Por exemplo, se uma criança precisa tomar determinado medicamento na forma líquida e em uma dosagem baixa e esse medicamento é encontrado apenas em uma única dosagem e em forma de comprimido nas farmácias convencionais, o médico passará uma receita para a mãe levar até uma farmácia de manipulação e mandar fazer o remédio exatamente como a criança precisa. 

Pois os remédios manipulados são feitos a partir da mistura de ingredientes químicos específicos, que seguem uma fórmula específica já existente para obter a dosagem e a forma do medicamento necessárias. 

Vale ressaltar que todos os medicamentos que são feitos em farmácias de manipulação seguem as devidas regulamentações da ANVISA, assim como todos os outros remédios da indústria farmacêutica. 

Quem geralmente precisa tomar medicamentos manipulados?

Os medicamentos manipulados podem ser tomados por qualquer pessoa, desde que o médico receite, pois cada um é feito de acordo com as necessidades de cada pessoa. Mas as pessoas que geralmente fazem o uso de remédios manipulados são:

  • Bebês recém nascidos pois, geralmente, precisam tratar de refluxo gastroesofágico e precisam de medicamentos de dosagem bem baixa; 
  • Crianças pequenas, que muitas vezes precisam de remédios com gosto melhor para conseguirem ingerir;
  • Pessoas intolerantes a lactose, pois muitos medicamentos das farmácias normais, possuem lactose em sua composição;
  • Pessoas que necessitam de medicamentos com dosagens que não são encontradas em farmácias comuns;
  • Pessoas mais idosas, que geralmente precisam de medicamentos específicos ou na forma líquida, para ser mais fácil de engolir; 
  • Animais de estimação, isso mesmo, animais de estimação geralmente precisam de medicamentos manipulados receitados por veterinários pois ,às vezes, precisam tratar doenças, como problemas de tireóide, por exemplo.

Além disso, pessoas que querem economizar também podem optar por medicamentos manipulados, pois estes costumam ser bem mais baratos que os remédios convencionais, contudo sempre é preciso que haja a receita de um médico especializado para mandar fazer um remédio manipulado na farmácia. 

Quais as características de uma boa farmácia de manipulação?

Usualmente, nas farmácias de manipulação, os medicamentos são feitos sempre de forma individual mas, além dessa, existem muitas outras características únicas que uma farmácia de manipulação possui.

Como por exemplo, o controle e da matéria prima utilizada no medicamento manipulado, pois assim que a matéria prima chega na farmácia, ela é analisada por um rigoroso laboratório de controle de qualidade, e somente após a aprovação do laboratório, a matéria prima é liberada para uso. 

Além disso, a receita do medicamento que será manipulado é conferida duas vezes pela farmácia, antes de fazer o medicamento e após o medicamento pronto, e caso haja alguma dúvida, as farmácias sempre entram em contato com o médico para saná-la.

Quais os benefícios dos medicamentos manipulados?

Como já mencionado, os medicamentos feitos em farmácias de manipulação são bem mais baratos do que os medicamentos de marca presentes nas farmácias convencionais. Além disso, cada medicamento manipulado é feito apenas para as necessidades de determinada pessoa. 

Além do mais, a fórmula de determinado medicamento manipulado pode ser feita de forma que agrida menos o organismo de quem o toma, além de poder ser feito em uma forma que seja mais fácil de engolir, caso haja necessidade de adaptação. 

Mas antes de tomar, siga sempre as orientações de um médico, para que não haja superdosagem (overdose) e nunca tome o medicamento manipulado de outra pessoa, pois o que faz bem para ela, pode não ser o indicado para você.