Seguro de automóvel cobre rodas e pneus

Sim. O seguro de automóvel cobre rodas e pneus. No entanto, é fundamental deixar claro que não são todas as alternativas do mercado que oferecem esse tipo de cobertura para o motorista.

Por isso, é importante ter um cuidado especial antes de fechar um contrato. Inicialmente, a escolha dependerá do que foi oferecido e daquilo que está destacado no documento. 

Geralmente, os seguros dos veículos oferecem coberturas de certas situações. Dentre as mais comuns, encontram-se: roubo, furto e danos por acidente. Diante desse cenário, os seguros de carros conseguem cobrir não só os danos de rodas, mas também de pneus. 

Porém, como abordamos anteriormente, nem sempre as operadoras de seguro de carro oferecem esse tipo de cobertura. Então, lembre-se sempre de analisar o contrato com a operadora e verifique se ela faz a cobertura dos veículos ou só a terceiros.

Se o seguro faz cobertura dos danos do veículo, analise se ela tem proteção contra vários tipos de situações, como furto, acidente, entre outros. 

Quando a cobertura é acionada?

É fundamental deixar claro que a cobertura do seguro de carro só é acionada quando o problema causado é maior que a franquia estabelecida em contrato. Nesse caso, você começa a receber auxílio da operadora. 

Quando ocorre um dano integral ao veículo, a indenização já faz a cobertura dos problemas nas rodas, isto é: se uma árvore cai em cima de um automóvel por causa de uma tempestade intensa, a danificação nos pneus causa menos impacto. 

Imagine que, por alguma ocorrência, como furto, um motorista ficou sem os quatro pneus do automóvel. Muita gente não sabe, mas existem duas formas de receber o dinheiro para executar o reparo das rodas. Aqui, por exemplo, será necessário adquirir novos pneus. 

O primeiro caminho é por meio da indenização. Nela, a operadora de seguro do carro será responsável por pagar o segurado pelos problemas que o automóvel sofreu naquele momento.

Na história fictícia, ela precisa pagar a quantia correspondente às pessoas que foram furtadas. Assim, o proprietário deve comparecer até uma loja para fazer aquisição de outros pneus.  

Já na segunda alternativa, é possível fazer o reembolso. Nessa opção, a compra dos pneus é feita de forma proativa. Ou seja: o proprietário faz a aquisição de novos pneus e, após esse processo, recebe o reembolso. Para ter direito a esse benefício, lembre-se de apresentar a nota fiscal.  

Cobertura cobre desgaste natural dos pneus? 

Ao contrário do que muita gente imagina, a cobertura do seguro não cobre o desgaste que ocorre nos pneus. Isso ocorre porque o principal objetivo do seguro é atuar como uma precaução contra acidentes e imprevistos que podem surgir no meio do caminho, que são denominados de sinistros, como um furto. 

O desgaste do pneu é um fenômeno que ocorre de forma natural com as peças. Algumas costumam durar mais, enquanto outras duram menos. A validade depende da forma como o motorista cuida dos pneus do seu carro

Para que eles tenham mais durabilidade, recomendamos transitar com os pneus calibrados, ter uma atenção redobrada com o alinhamento e balanceamento das rodas, frear e acelerar o veículo com menos intensidade, entre outros.

As dicas que foram mencionadas acima, além de cuidarem do pneu, impactam diretamente na segurança do automóvel nas ruas e estradas do Brasil. 

Se, mesmo sabendo que o seguro de automóvel cobre rodas e pneus, você ainda acredita que é melhor adquirir um novo veículo, devido ao excesso de manutenção, vale a pena conhecer a Karvi.

Lá, você encontra um carro seminovo como um 0KM, garantia de 1 ano, certificação mecânica de mais de 280 itens, entre outros benefícios. Menos dores de cabeça para você e para o seu bolso. 

Após descobrir se seguro de automóvel cobre rodas e pneus, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas que impactam na performance do seu carro.