Aparelho Autoligado x Alinhadores. Quais as principais diferenças entre eles

Cristina Leroy Silva

aparelho-autoligado-alinhadores-diferencas

Todos nós queremos ter sorrisos com dentes brancos e alinhados, mas muitas vezes isso não é possível. A principal causa disso são dentes tortos e maus alinhados, fazendo com que o sorriso não fique como você queria. Mas saiba que existe solução e é sobre isso que falaremos hoje no nosso artigo. Iremos falar sobre aparelhos autoligado x Alinhadores, e suas principais diferenças.

A principal causa de reclamações dos pacientes com os dentistas e ortodontistas são os dentes tortos, muitas vezes são por questões estéticas, mas também muitos casos são por questões como uma mordida errada, dores, incômodos causados pelos dentes tortos. Anos atrás,  a única solução seria colocar aparelhos autoligados, aqueles aparelhos metálicos que ficavam colados dente a dente e em muitos casos causava certo desconforto.

Porém, com o passar do tempo as tecnologias foram melhorando, e surgiram inovações em muitos campos da saúde e também na área bucal, sendo lançados aparelhos alinhadores removíveis, os famosos “alinhadores transparentes”. Tais alinhadores são feitos de uma liga plástica altamente resistente e com grande poder de elasticidade e capacidade de alinhar os dentes.

Hoje em dia, é grande a procura por esses alinhadores transparentes por serem mais fáceis de usar e também mais higiênicos, sendo assim, os aparelhos autoligados acabaram diminuindo seu uso. Porém eles ainda existem e são extremamente funcionais.

Indicação de Uso

Para a escolha de qual procedimento e equipamento deve ser usado, deve ser feita a análise de forma individual e apenas por profissionais habilitados como dentistas e ortodontistas, dessa maneira o profissional avaliará o caso a caso e indicará o melhor tratamento.

Serão feitos exames e avaliações para determinar qual o melhor equipamento a ser usado e também uma estimativa de quanto tempo pode demorar esse tratamento, no caso do autoligado, o tratamento pode demorar por volta de 24 a 30 meses, já com os alinhadores, o tratamento dura em média 4 a 6 meses dependendo das avaliações dos especialistas.

Quais as principais diferenças entre eles

Entre o alinhador transparente e o aparelho autoligado existem algumas diferenças, e também há quem defenda o uso do autoligado por ser mais confiável, por estar mais tempo no mercado, entre outros fatores. Mas também há quem diga que os alinhadores transparentes são melhores e que é uma nova tecnologia, e que o tratamento é melhor e mais rápidowd.

Alinhadores Transparentes:

  • Materiais especiais como o acetato transparente
  • Tratamentos até 25% mais rápidos
  • Consultas mais espaçadas para avaliar a evolução do tratamento e para troca de pares de alinhadores
  • Removíveis, facilitando a higienização bucal, dos alinhadores e podendo ser retirados na hora da alimentação
  • Por terem espessura de apenas 0,75mm e não ficarem diretamente sobre os dentes, os alinhadores são muito confortáveis, não fazendo volume e não incomodando a bochecha, lábio ou língua

Aparelho Autoligado:

  • Bráquetes, arco (Metais) e borrachas
  • Indicado para tratamentos longos e de alta complexidade
  • Consultas regulares ao dentista, para manutenção e regulagem da movimentação dos dentes
  • Fixos, maiores cuidados para higienização e alimentação
  • Principalmente no início do tratamento, os aparelhos fixos podem machucar, até o paciente se acostumar com o aparelho em sua boca.

De acordo com a Dra Thais Campregher as duas técnicas atendem para o objetivo do paciente. Sua clínica odontológica em Santos utiliza os dois, cabe, no entanto, apresentar os prós e contras de cada tratamento.

“Se clinicamente as duas técnicas forem indicadas ao tratamento, cabe cada paciente escolher o melhor. Hoje, sem dúvidas, as pessoas passaram a escolhe o aparelho transparente” comenta É de extrema importância que o paciente sempre consulte um especialista no assunto para determinar qual procedimento você deve usar. Se você já fez o uso de algum deles, comente abaixo, iremos ficar felizes em responder.

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados.

Deixe um comentário