ENTENDA A REVOLUÇÃO DAS CRIPTOMOEDAS

Um determinado tipo de dinheiro digital protegido por criptografia é chamado de criptomoeda.

As suas transações são 100% feitas através de uma plataforma digital, sem intermediários e sua utilização tende a aumentar significativamente nos próximos anos – Essa é a grande revolução financeira dos últimos tempos.

As criptomoedas, mais especificamente o Bitcoin (surgindo outras depois), chegaram ao mercado em 2008 e iniciaram uma verdadeira revolução na maneira de lidar com o mundo digital.

Por esta razão, qualquer pessoa atenta às mudanças já está observando e buscando maneiras de como lidar e aproveitar com o que está por vir.

Pensando nisso, acompanhe neste artigo que preparamos especialmente para você, sobre como as criptomoedas chegaram até aqui e como elas conseguiram revolucionar todo o mercado financeiro, abrindo a porta para inúmeras possibilidades!

O Início das Criptomoedas

Para entender como chegou ao fenômeno que se tornou hoje, vamos voltar a 1998, quando Nick Szabo elaborou um projeto com o nome de “Bit Gold”, que possuía um modelo de estrutura com as características necessárias para que mais tarde surgissem as criptomoedas. Eram elas:

  • Uso de criptografia;
  • Anonimato e privacidade nas transações;
  • Estrutura completamente descentralizada.

Entretanto, a Bit Gold nunca foi utilizada em transações e só alguns anos depois Satoshi Nakamoto apresentou esse novo sistema financeiro completamente incomum ao convencional, o famoso Bitcoin.

A sua intenção era oferecer um sistema em que fosse possível realizar transações financeiras de pessoa para pessoa, sem intermediários, como bancos e instituições.

Desde seu lançamento a moeda se popularizou e teve uma rápida adesão ao redor do mundo, alcançando cada vez mais pessoas, empresas e atividades comerciais.

Especificidades das Criptomoedas 

Um dos grandes motivos que fez com que as criptomoedas como Ethereum e Ripple (XRP) fossem tão revolucionárias e chamasse tanta atenção, foi a alternativa de operação livre de intermediários, completamente independente, seja pessoa física ou jurídica.

Além disso, as operações podem ser feitas entre quaisquer países, livre de horário limite de funcionamento, além da sua oscilação de preço se dar pela oferta e demanda.

O impacto das criptomoedas foi tão grande que muitos acreditam que num futuro próximo, elas poderão ser substitutas do dinheiro convencional e utilizadas facilmente em negociações do dia a dia.

Isso porque a tecnologia vem avançando cada vez mais e modificando completamente os hábitos dos consumidores.

Portanto, com a digitalização crescendo e expandindo para todas as áreas, pode-se esperar as criptomoedas assumindo esse papel.

É importante ressaltar que existe uma tecnologia por trás das criptomoedas que garante a segurança das transações, chamada de blockchain.

Isso significa que cada moeda é criptografada, possui um código exclusivo e seu número de identificação individual para ser usado para efetuar as transações.

Por isso, ele efetua um papel tão fundamental nas transações e descentralização das criptomoedas, garantindo a segurança e evitando fraudes.

Conclusão

Toda mudança causa uma certa insegurança, e, por isso, muitas pessoas ainda têm dificuldades em entender ou aceitar as criptomoedas como um novo meio de troca de bens e serviços. 

Entretanto, é inegável que com a modernização e digitalização, além das barreiras do mundo real e digital cada vez menores, elas ganhem cada vez mais força.

Será cada vez mais comum ver empresas, estabelecimentos, e-commerces e diversos outros setores utilizando criptomoedas como meio de pagamento e transações.

Abra os olhos e observe ao seu redor, a revolução já começou.

Se você curtiu este artigo, compartilhe com outras pessoas! Dessa forma, sabemos que nossos conteúdos estão sendo úteis, além de te ajudar sempre entregando conteúdos de qualidade, beleza?

Abraços e até a próxima!