O que considerar antes de comprar a primeira casa?

Decidir comprar uma casa junto à imobiliária é algo que exige um bom planejamento, sendo necessário ficar atento a diversos detalhes, a fim de garantir um bom negócio. Afinal, o valor investido é relativamente alto e quando não há suporte, é possível se arrepender por ter feito uma escolha errada. Obviamente, a imobiliária irá orientar em todas as dúvidas, oferecendo opções de imóveis que atendam suas necessidades, preferências e orçamento. No entanto, para que você agilize esse processo, preparamos o post de hoje para falar sobre alguns itens importantes que precisam ser considerados antes de fechar sua compra. Vamos lá? 

1. Observe a localização

Um dos principais pontos que precisam ser analisados na hora de comprar sua casa é a localização e isso deve ser feito com atenção, de forma presencial e em diferentes momentos do dia. Observe se é fácil de chegar ou sair do local, como é o trânsito, os horários de pico, se existem vias de acesso que facilitam a locomoção, etc. Além disso, observe a presença de comércios, como supermercados, farmácias, padarias, escolas e outros que sejam importantes para deixar sua rotina mais fácil. Não se esqueça de checar a segurança, conhecer a vizinhança e observar a valorização, pois assim você já terá um bom caminho andado. 

2. Cheque toda a documentação do imóvel

É essencial avaliar a documentação do imóvel antes de fechar negócio, pois qualquer irregularidade pode prejudicar não apenas a negociação em si, como também seu orçamento. Portanto, confirme se o imóvel está registrado no Cartório de Registro de Imóveis, analisando sua certidão de matrícula, além de conferir se os pagamentos de IPTU e outros impostos estão em dia. Com isso, você evita problemas no momento de transferir a propriedade para seu nome e precise arcar com custos que não são seus. Aqui, vale muito a pena solicitar o auxílio de um advogado contratual para avaliar todas as questões de documentação e contrato de compra do imóvel, um advogado imobiliário especializado também poderá lhe auxiliar.

3. Estado de conservação

É importante atentar-se à idade do imóvel, pois dependendo do caso, alguns itens importantes podem estar comprometidos, como estrutura, sistema elétrico, hidráulico, portas e janelas, etc. O ideal é contratar uma equipe especializada para realizar uma vistoria completa, analisando todo o estado de conservação do imóvel. Afinal, esse é um investimento para a vida toda e precisa ser bem planejado, a fim de evitar problemas no futuro que comprometam seu orçamento. 

4. Tamanho da casa

Não podemos falar sobre o tamanho ideal de uma casa, pois isso quem deve analisar é você, de acordo com suas necessidades, estilo de vida e planos para o futuro. Contudo, isso somente poderá ser entendido durante a visita, pois assim terá maior noção em relação ao tamanho real dos cômodos. Além disso, observe também a área de lazer, pois se tem o costume de receber amigos e família para fazer churrascos aos finais de semana, uma casa que ofereça uma boa estrutura com certeza terá um diferencial. 

5. Condições de pagamento e taxas

É fundamental avaliar o preço do imóvel, mas também o pagamento de taxas extras, que sabemos que muitos acabam esquecendo, principalmente para quem pretende realizar a compra de uma casa pelo financiamento. Sendo assim, tenha em mente que além do valor pago ao vendedor, é necessário arcar com outras despesas, como documentação, ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), gastos com mudança e pequenas reformas, condomínio mensal (se optar por morar em condomínio fechado), etc. 

6. Posição solar

Esse é um ponto que muitas pessoas esquecem de analisar no momento de comprar o imóvel ideal, mas que influencia bastante no dia a dia e também na valorização da propriedade. Isso, porque, determinadas posições oferecem maior conforto térmico e iluminação natural. No Brasil, a fachada que mais recebe sol ao longo do dia (tanto no verão quanto no inverno) é a norte. Para muitos, quartos que recebam calor matinal são melhores, pois durante à noite estão mais frescos. Contudo, em regiões muito quentes, esse não é o melhor caminho, optando por casas voltadas para a face sul, ou seja, para a fachada mais fresca e com sombra. 

7. Estude sua saúde financeira

Por fim, é importante se preparar financeiramente para todas as despesas que envolvem a compra de um imóvel, pois como falamos elas vão muito além do pagamento ao vendedor. Portanto, programe-se para ser capaz de comprar a propriedade e ainda ter estabilidade para contas básicas, como água, energia, internet, gás, gastos com alimentação, ensino, saúde, etc. Além disso, se a mudança acarretar no aumento de despesas com transporte, isso também deve ser considerado. Tenha em mente que de nada adianta morar no imóvel dos sonhos e não ter qualidade de vida para aproveitá-lo. 

Então, com as dicas do post de hoje temos certeza que a escolha de sua nova casa será ainda mais fácil. É importante ter em mente que os profissionais da imobiliária são fundamentais para ajudar nesse processo, agilizando a escolha, além de oferecer opções que estejam adequadas às suas necessidades, orçamento e personalidade. Portanto, não deixe de contar com especialistas para tornar o processo mais leve e prazeroso.

Comentários estão fechados.